Pane no Speedy: laudo do CPqD explica falha no serviço


Segundo a operadora, documento aponta duas falhas, uma de hardware e outra de software, como responsáveis pelos problemas no Speedy.

A Telefônica, em comunicado, disse que enviou nesta sexta-feira à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) o laudo com as causas no apagão do Speedy, serviço de banda larga da operadora, no começo de julho.

Segundo a operadora, o documento aponta um defeito de hardware originado em uma placa de interface óptica que liga um roteador, localizado na cidade de Campinas, a um outro roteador, localizado em Sorocaba.

A falha teria gerado informações incorretas. Ao mesmo tempo, um problema de software no mesmo roteador fez com que estas informações, ao invés de serem descartadas, fossem propagadas para os demais roteadores da rede.

De acordo com a assessoria de imprensa da Anatel, o documento será análisado pelos técnicos, juntamente com dados obtidos na própria operadora pelos profissionais da agência. Não há prazo para a conclusão dos trabalhos.

Entre os dias 2 e 3 de julho, cerca de 2,4 milhões de clientes da operadora ficaram sem Internet. Somente com os usuários do Speedy, a operadora vai contabilizar um prejuízo de 24 milhões de reais por conta do problema.

Saiba Mais – idgnow.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: