Xen ganha mecanismo de HA


Manter a sincronização perfeita de múltiplos servidores Xen, cada um com diversas máquinas virtuais, não é tarefa das mais fáceis. Atualmente, é preciso replicar arquivos de configuração entre os servidores e manter sincronizado todo o restante da estrutura.
Felizmente, tudo isso pode mudar para melhor com o projeto Kemari. Trata-se de um software de código aberto (GPL) descrito por seus autores como “um mecanismo de código aberto para sincronização de máquinas virtuais para tolerância a falhas. Oferece uma técnica utilizável para tolerância a falhas que não requer o uso de hardware específico ou a modificação dos aplicativos ou sistema operacional”.
O objetivo do projeto é “manter as máquinas virtuais rodando transparentemente em caso de falhas de hardware”. Para isso, ele “transfere o estado da máquina virtual primária para a secundária quando a primária está prestes a enviar um evento para dispositivos como armazenamento e rede”.
A página do Kemari disponibiliza patches para o xen 3.3 e para o kernel Linux 2.6.18. Os patches permitem a replicação de toda a paginação de memória entre os servidores envolvidos, o que exige algum mecanismo de armazenamento remoto, como drbd, iSCSI, NFS ou nbd.
No anúncio feito à lista de desenvolvedores do Xen, os autores também citam slides sobre o projeto e um vídeo com uma máquina virtual Windows rodando perfeitamente após a queda do servidor primário.
Espera-se que o Kemari seja integrado ao Xen 3.4, a próxima versão estável do popular sistema de virtualização.

Referência – linuxmagazine.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: